top of page
  • Foto do escritorAisha Raquel Ali

Estudar fora do Brasil é um bom negócio, fundadoras do projeto PHDnosEUA mostram os benefícios

Brasileiras destacam os benefícios de internacionalizar a carreira através dos estudos


Aperfeiçoar o inglês, conhecer uma nova cultura e a oportunidade de crescer pessoal e profissionalmente. Essas são algumas das vantagens para quem procura oportunidades de internacionalização dos estudos.


A qualificação de universidades americanas poderá abrir portas para o mercado de trabalho global e, ter acesso a tudo isso é possível, de uma forma legal, cursando estrado, PHD, Estágio ou Pós-doutorado, se especializando na área de atuação e, ainda, recebendo em dólar. A excelência acadêmica americana é reconhecida no mundo todo.


As brasileiras Sara Stofela e Monique Ferreira fundaram a PHD nos Estados Unidos, projeto que auxilia em todas as etapas do processo de aplicação para uma bolsa em uma universidade internacional.


COMO FUNCIONA?


O primeiro passo para o “mentorado”de Sara e Monique, é entender o sistema americano. Depois, de acordo com o perfil de cada um, é hora de buscar a vaga. Em seguida, vem a etapa de se tornar competitivo. Sara e Monique explicam os pontos que contam e como o candidato pode melhorar seu “pacote”. As sócias ensinam a

selecionar um número de universidades adequado para se candidatar e fazer os documentos e aplicações de fato. Inclusive, preparam o “mentorado” para a prova de proficiência em inglês exigida.


Etapas que, até podem parecer complexas, mas com o suporte da PHD Nos Estados Unidos, tudo pode ser mais tranquilo.


“Já passamos por essa experiência e vimos o grande número de vagas que existiam, mas os brasileiros não conheciam. E, por isso, decidimos ajudar quem quer estudar fora. Nós pensamos neste projeto para primeiro divulgar as oportunidades que não eram conhecidas e, também, para diminuir o trabalho das pessoas quando estão empolgadas, com a curiosidade aguçada, mas não conhecem como fazer, como chegar lá. É preciso ter alguém com experiência para ajudar. É possível estudar fora com bolsa integral, sim. Nós queremos que o maior número de brasileiros tenham acesso a isso”, Sara e Monique.


SOBRE PHDnosEUA:


Nasceu da amizade entre Sara e Monique, que se conheceram na Louisiana State University, quando cursavam o PHD por lá, no ano de 2019. Juntas, as amigas resolveram compartilhar oportunidades educacionais que existiam nos Estados Unidos, com o intuito de ajudar brasileiros sem oportunidades no Brasil. De amigas, Sara e

Monique, se tornaram sócias e começaram a compartilhar os conhecimentos que conseguiram in loco, nas Universidades americanas. Assim, nasceu a PHD nos Estados Unidos. De 2019 pra cá, a empresa já soma R$500 milhões em bolsas nos Estados Unidos.


SOBRE SARA STOFELA:


Natural de Cascavel no Paraná. Sara é formada em Engenharia Química. Em 2019, foi para os Estados Unidos cursar PHD na Louisiana State University.


SOBRE MONIQUE FERREIRA:


Mineira, Monique Ferreira é engenheira agrônoma, mora nos Estados Unidos. Ela cursou PHD, o pós-doutorado e já trabalhou como pesquisadora.

12 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page