top of page
  • Foto do escritorAisha Raquel Ali

Estação Rio de Tecnologia chega a Vigário Geral e à Pavuna com oficinas de inclusão digital

Projeto dá oportunidade para que os participantes possam adquirir conhecimento e aprimorar suas habilidades

A Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (SMCT) está oferecendo oficinas gratuitas de inclusão digital na Pavuna e em Vigário Geral, na Zona Norte. As aulas são do projeto Estação Rio de Tecnologia, que já passou pelo Centro da cidade. Com o apoio da Firjan/Senai/Sesi, os dois caminhões truck oferecem gratuitamente experiências tecnológicas e inovadoras através de oficinas e workshops.

O objetivo deste projeto é levar conhecimento a diferentes regiões do município do Rio, atraindo novos públicos para o universo digital. Através da difusão e promoção de Tecnologia, Inovação, Empreendedorismo, Economia Criativa, e Comunicação, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população – afirmou a secretária Municipal de Ciência e Tecnologia, Tatiana Roque.

Os caminhões da Estação Rio de Tecnologia estão na Praça Catolé do Rocha, em Vigário Geral, e na Arena Carioca Jovelina Pérola Negra, Praça Ênio, s/n, na Pavuna. Em Vigário Geral, os atendimentos vão até 1º de setembro, às 11h. Na Pavuna, as oficinas estarão disponíveis até 15 de setembro, às 12h.

De acordo com a analista de negócios em responsabilidade social da Firjan/Sesi, Laura Cadinele Tamancoldi, é imprescindível para a população estar inserida no mundo digital.

Através do conhecimento adquirido nessas oficinas, conseguimos impactar positivamente as vidas dessas pessoas - explica.

O projeto é voltado para maiores de 18 anos, funciona de segunda a sexta, das 7h às 16h, e conta com dois veículos equipados com dez computadores cada, capacidade máxima para atender até 10 alunos por oficina e instrutores da Firjan/Senai/Sesi para orientar os usuários. As inscrições são feitas presencialmente nas unidades móveis, a partir das 7h, no mesmo dia em que a oficina será realizada. Em um ano, a meta é concluir 600 oficinas. Nos primeiros 20 dias desde seu lançamento, o projeto recebeu 265 inscrições nos caminhões que ficaram estacionados na sede da Prefeitura e na Central do Brasil.

Com a realização de oficinas e workshops gratuitos, o projeto dá oportunidade para que os participantes possam adquirir conhecimento e aprimorar suas habilidades. Dessa forma, a SMCT visa ampliar a capilaridade e a atuação de seus equipamentos.

Morador de Madureira, o militar aposentado Jorge Roberto Ribeiro, de 72 anos, se interessou pelos cursos quando passava pela Central do Brasil, onde estava estacionado um dos caminhões do projeto.

Foi bom ter esse tipo de conhecimento porque eu não tinha ciência de muitas coisas que aprendi, como vendas através do próprio celular, fazer planilhas e como identificar golpes na internet. Quanto maior a chance de me atualizar, melhor. Senão, ficamos parados no tempo - ressaltou.


Oficinas oferecidas no projeto Estação Rio de Tecnologia:

• Desvendando o Excel Básico

• Desvendando o Power Point Básico

• Desvendando o Word Básico

• Conhecendo Redes Sociais para Negócios

• Desvendando a Segurança Básica da internet

• Inclusão Digital para a Terceira Idade

• Desvendando o Word para Terceira Idade

• Desvendando o Excel para Terceira Idade

• Desvendando o Power Point para Terceira Idade

• Introdução Tecnológica por meio da Matemática

• Oficina Maker

• Empreendedorismo

• Mercado de Trabalho e Geração de Renda


Fotos créditos e legendas:


Foto 1 Gui Espíndola (Caminhão da Estação Rio posicionado em Vigário Geral)

Foto 2 Gui Espíndola (Caminhão da Estação rio de Tecnologia)

Foto 3 Gui Espíndola (Alunos no interior do caminhão da Estação Rio de Tecnologia)


Comments


bottom of page