top of page
  • Foto do escritorAisha Raquel Ali

Educação Financeira é o diferencial dos mais ricos


Por Joana D’arc Souza


A Educação Financera é tema de extrema importancia e faz toda a diferença na qualidade de vida e poder aquisitivo. Como podemos comprovar no estudo Os ricos e os Pobres: O Brasil e a Desigualdade” do sociologo Marcelo Medeiros, pesquisador do IPEA e professor de Columbia nos EUA.


Medeiros mostra que a classe média é composta aritmeticamente pelas pessoas que ganham pelo menos 1 salário mínimo, o equivalente a R$ 1.320,00 (hum mil trezentos e vinte reais). E como se chegou a essa fração?


Simples:

20% da população adulta não tem renda própria: aqui inclui-se como maioria as mulheres como cuidadoras dos lares e famílias, na função de dona de casa e desempregados. São 30 milhões.


30% vivem com menos de 1 salário minimo.


Por isso quem recebe 1 salário mínimo esta aqui nesses 50%


1% tem renda maior que R$ 28 mil mensais

0,1% tem renda superior a R$310 mil por mês


Importante destacar: renda não é igual a salário. Trata-se das fontes de entradas de receitas de forma passiva:

Aluguel

Investimento

Heranças

Lucros e Dividendos de empresas nos quais são acionistas


Olha ai importância da educação financeira!

Não basta receber dinheiro pelo trabalho. O que vai fazer a diferença é saber como fazer dinheiro, multiplicar


Entenda sobre as diferentes fontes de renda e como a taxação de grandes fortunas impacta a sua vida, nesse video sdo André Forastieri, do Homeworl para o Portal Terra, de onde retiramos essas informações:



0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page