top of page
  • Foto do escritorAisha Raquel Ali

Como devemos cuidar da nossa saúde íntima?


Olá Meninas. Como vocês estão?


Eu sou a Dra. Floriza, sou Ginecologista, especialista em saúde feminina. E me sinto honrada em poder fazer parte dessa revista maravilhosa!


Minha proposta aqui é levar conhecimento para todas vocês sobre saúde da Mulher, poder esclarecer as principais dúvidas de vocês!


E também falar sobre os cuidados que toda mulher deve ter com a sua saúde íntima.

A maioria das mulheres hoje em dia trabalha, cuida dos filhos, dos cônjuges, da família, da casa, da carreira e esquece de cuidar delas mesmas.


O que é um erro recorrente da maioria das mulheres atualmente. Então, a partir de uma certa idade, as alterações hormonais começam a aparecer em nós mulheres e nós não sabemos lidar com toda a nossa montanha-russa de hormônios que comandam o nosso corpo.


Então, a partir daí, temos mulheres com várias queixas hormonais, que afetam o seu relacionamento, afetam o seu convívio no trabalho e principalmente afetam a saúde mental das mulheres.


E por isso no Mês Internacional das Mulheres devemos sim, falar sobre esse tema tão importante que é Saúde Feminina.


As mulheres precisam ser alertadas que devem cuidar da sua saúde. Mas como assim?

As mulheres precisam estar alertas sobre qualquer imprevisto que aconteça com o seu corpo. Devem fazer o seu check-up anualmente. Realizar os exames ginecológicos para saber se está tudo em ordem. Para cada faixa etária da mulher são solicitados um combo de exames ginecológicos. E principalmente é muito importante a mulher ter uma médica em quem confie e que possa contar todos os seus problemas e tirar todas as suas dúvidas. Eu costumo falar que a ginecologista é a primeira psicóloga da Mulher. E a partir de uma consulta bem feita, nós podemos esclarecer as principais dúvidas da paciente e esclarecer as principais dúvidas também. E a partir daí, começar um acompanhamento dessa paciente.


Por isso falar sobre saúde da mulher, é também falar sobre saúde pública, porque se nós mulheres estamos em dia com a nossa saúde, podemos cuidar dos nossos filhos e da nossa família.


Devemos estar atentas a qualquer sinal que aconteça no nosso corpo.

Devemos sempre incentivar outras mulheres a também se cuidarem e se auto examinarem e não terem medo de procurar ajuda profissional, caso surja algo diferente no seu corpo.


Não devemos ter vergonha de contar nossas queixas ao profissional de saúde. Procurar ajuda é sempre a melhor opção em qualquer situação da nossa vida.


Devemos lembrar também que as alterações hormonais podem aparecer em mulheres jovens também. Devido ao uso de anticoncepcionais sem uma indicação prévia de um ginecologista. Podem também ocorrer devido a alguma doença que essa mulher esteja passando. Pode ser também por estresse, que vem afetando MUITAS mulheres em fase reprodutiva. E o estresse pode gerar um problema maior. Pode levar ao aumento de colesterol, triglicerídeos. Pode causar doenças como Hipertensão Arterial, pode gerar o surgimento de gastrite. Enfim, pode gerar várias patologias e até um infarto agudo do miocárdio. As alterações hormonais podem ser confundidas com um início de depressão. E consequentemente ser tratadas com antidepressivos. Sendo que na verdade a mulher está passando por alterações hormonais e não uma depressão.


Por isso a ajuda de um profissional especializado deve ser a primeira opção da Mulher. Ela deve ter confiança na profissional que lhe acompanha, para o tratamento ser bem-sucedido. Por isso minhas amigas não tenham receio de procurar uma Ginecologista experiente. Uma profissional que ouça as suas queixas e que você não tenha receio de perguntar todas as suas dúvidas e de falar sobre todas as suas queixas. Estamos aqui para sempre lhe orientar da melhor forma e desenvolver sempre a sua melhor versão.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page